Por que não devemos venerar Maria?

Certa vez recebi por e-mail esta charge católica (veja imagem ao lado), em que supostamente Maria se defende dos argumentos protestantes contra sua veneração. Por meio da referida charge, irmãos católicos argumentam que a Bíblia faz referências à mãe de Jesus e que, por isso, há motivos bíblicos para venerá-la. Entretanto, a questão mais importante não é se Maria é ou não mencionada na Bíblia, pois é óbvio que as Escrituras contam parte da história da mãe do Salvador. A pergunta correta que deveria constar na charge é: a Bíblia apresenta algum exemplo de Maria sendo venerada? Outras perguntas que também seriam possíveis de constar são estas: [...]

By | agosto 14th, 2016|Apologética Cristã|

Pensando biblicamente a respeito da pena de morte

Quero expressar minha gratidão e contentamento pelo artigo intitulado “Não Matarás!”, do Pr. José Flores Júnior, publicado na Revista Adventista no mês de março de 2015[i]. O autor pensou biblicamente e não se deixou levar por argumentos humanistas nada convincentes. Como destaca Alan Pallister, professor de Ética Cristã: “Nossa conclusão sobre essa problemática, primeiro, não deve ser determinada por sentimentos humanitários – que podem ser evocados nos dois sentidos –, mas sim pelo ensino bíblico”[ii]. Já afirmei no programa “Na Mira da Verdade” que cada pessoa tem o direito de ser contra ou a favor da pena de morte. Porém, aqueles que são contra, precisam aceitar que [...]

By | julho 29th, 2016|Ética Cristã|

Deus recompensa a mentira? (Josué 2:3-6)

Quando lemos Josué 2:3-6 percebemos que a prostituta Raabe mentiu a respeito da estadia dos dois espias na casa dela, quando eles eram procurados pelos moradores da cidade de Jericó que queriam matá-los. Porém, o contexto nos mostra que Deus recompensou Raabe não por ela ter mentido, mas, por causa da fé que ela teve nEle: “Agora, pois, jurai-me, vos peço, pelo SENHOR [ela teve fé no Deus de Israel] que, assim como usei de misericórdia para convosco, também dela usareis para com a casa de meu pai; e que me dareis um sinal certo” (Js 2:12). Quando pediu aos espiais que jurassem pelo Senhor, ela demonstrou conhecimento sobre o valor [...]

By | julho 25th, 2016|FAQ - Dúvidas Frequentes, Textos Difíceis|

Quem são os “gigantes” de Gênesis 6?

O registro fóssil demonstra que no princípio do mundo, as criaturas eram extremamente grandes, evidenciando duas coisas: que a criação era perfeita e que a teoria da macroevolução é falsa, pois o que vemos pelo tamanho da estrutura óssea dos animais de hoje é que eles na verdade "involuíram". Mesmo não tendo sido descobertos fósseis de seres humanos (pelo menos ainda), cremos que a estrutura deles também era gigante, até mesmo para conviver com os enormes animais pré-históricos que existiram. Se todos erma gigantes, por que, então, os Israelitas em Números 13:33 se sentiram como "gafanhotos" em relação aos gigantes pagãos? Porque a corrupção da raça humana [...]

By | julho 25th, 2016|FAQ - Dúvidas Frequentes|

A Bíblia autoriza a pena de morte?

Não há dúvidas que sim. Dificilmente um erudito sério contestará que o texto bíblico é favor da pena capital para crimes hediondos. Quem questiona é porque interpreta a Bíblia não com critérios hermenêuticos válidos e autênticos, mas com sentimentos humanitários que não deveriam suplantar a autoridade do texto bíblico. Deus autoriza as autoridades constituídas (não você e eu a fazermos "justiça" com as próprias mãos) a executarem o transgressor por seus crimes, como vemos no Antigo Testamento (Êx 21:12, 14; Lv 24:17; Nm 35:30-34; Dt 19:4-6, 10; Lv 24:17, etc.) No Novo Testamento, Paulo não argumentou com base em sentimentos humanitários destituídos de lógica bíblica, como o fazem alguns defensores dos [...]

By | julho 24th, 2016|FAQ - Dúvidas Frequentes|

Se Adão e Eva não pecassem, haveria descendentes?

Com certeza sim, pois, em Gênesis 1:28 (Nova Tradução na Linguagem de Hoje) vemos que Deus deu havia dado a sexualidade e a capacidade de procriação a nossos primeiros pais antes da entrada do pecado: “E os abençoou, dizendo: —Tenham muitos e muitos filhos; espalhem-se por toda a terra e a dominem. E tenham poder sobre os peixes do mar, sobre as aves que voam no ar e sobre os animais que se arrastam pelo chão.” (Nova Tradução Na Linguagem de Hoje). Não sabemos o porquê de a Bíblia não mencionar a existência de Caim e Abel antes do pecado (cf. Gn 3). Porém, é fato que, independente disso, [...]

By | julho 23rd, 2016|FAQ - Dúvidas Frequentes|

Explique a origem de Deus

A Bíblia não ensina que Deus teve uma origem, mas que Ele sempre existiu: “O SENHOR, o Rei e Salvador de Israel, o Deus Todo-Poderoso, diz: “Eu sou o primeiro e o último, além de mim não há outro deus” (Is 44:6. Veja também Ap 1:17). Gosto da frase que diz: “para entender um gênio, somente outro gênio. Para entender a Deus, somente outro Deus”. Sendo que não somos deuses, é impossível explicar, dentro dos moldes humanos, como Deus sempre pôde existir. Nem devemos ter essa pretensão. Afinal, como criaturas finitas podem explicar um Ser infinito? Como seres humanos podem explicar um Ser Divino? Como seres corrompidos [...]

By | julho 23rd, 2016|FAQ - Dúvidas Frequentes|

Paulo ensinou a abolição do sábado em Colossenses 2:16?

Tradicionalmente, como igreja (adventista) ensinamos que os “sábados” mencionados por Paulo em Colossenses 2:16 se referem aos sábados “cerimoniais”, ou seja, festas Israelitas também chamadas de “sábados” (ver Lv 23). Tais festas eram assim chamadas pelo fato de haver "descanso" também em tais celebrações. Em 2008, Ron du Preez, em um estudo exegético, linguístico, estrutural, sintático e intertextual de Colossenses 2:16, pareceu comprovar essa tese original ensinada pelos adventistas e por teólogos batistas como Robert Jamieson, A. R. Fausset e David Brown, no Commentary Critical and Explanatory on the Whole Bible. Segundo Preez, os “dias de festas” dizem respeito às “três festas de peregrinação da Páscoa, do [...]

By | julho 23rd, 2016|FAQ - Dúvidas Frequentes|

Como realmente lutar contra a pornografia

“O que tu queres é um coração sincero; enche o meu coração com a tua sabedoria. Tira de mim o meu pecado, e ficarei limpo; lava-me, e ficarei mais branco do que a neve. Ó Deus, cria em mim um coração puro e dá-me uma vontade nova e firme!” (Salmo 51:6, 7 e 10) Agostinho (354-430 d.C.), um dos grandes pensadores que moldaram o pensamento cristão, foi também um dos poucos e raríssimos teólogos que falaram com tanta franqueza sobre si. Em sua obra intitulada “Confissões” ele conta, entre outras coisas, que durante anos lutou contra a lascívia sexual, e que esse hábito estava muito arraigado em sua [...]

By | julho 23rd, 2016|Aconselhamento Espiritual, Sexualidade|

Debate sobre a imortalidade da alma (Parte 2)

Continuação A compreensão de que a morte é um sono; de que a natureza humana é holística; e que todo o ser do ímpio será destruído no lago de fogo (Mt 10:28), levou John Stott (outro teólogo evangélico) a concluir, sobre o “fogo eterno” mencionado no Apocalipse: “O próprio fogo é chamado de ‘eterno’ e ‘inextinguível’, mas seria muito estranho se o que é lançado nele se revela indestrutível. Nossa expectativa seria o oposto: seria consumido para sempre, não atormentado para sempre. Assim é a fumaça (evidência de que o fogo realizou sua obra) que sobe para sempre e sempre (Ap 14:11; cf. 19:3)”.[1] Basil Atkison (evangélico) faz [...]

By | julho 23rd, 2016|Bons Debates|
Load More Posts